CAS

CAS

domingo, 22 de abril de 2012

sábado, 21 de abril de 2012

TREINAMENTO VISUAL


A tese doutorado de educação da Doutora surda e atual presidente da FENEIS Ana Regina e Sousa Campello com o tema "PEDAGOGIA VISUAL NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS-MUDOS".

Ela mostra sugestões para capacitar o treinamento visual, e técnicas antes de usar a língua de sinais no ensino na sala de aula.
Além de ser importante para o ensino na sala de aula, ajuda muito no desenvolvimento da língua de sinais.

a) Assistir o filme sem legenda e sem áudio. Capte todas as informações e depois traduza todas as informações que passam neste filme;


b) Convidar seu colega para sentar a sua frente, sem que ele/ela veja. O ocupante que ficará em frente do seu colega verá um filme, igualmente, sem legenda e sem áudio e traduzirá para ele/ela em língua de sinais, em 5 minutos. Depois, pergunte ao seu colega relatar o que entendeu você.


c) Escolha um elemento com traços simples até o mais difícil e complexo, traduzir em língua de sinais, usando as formas, texturas, cores existentes;

d) Assistir qualquer filme, captando qualquer imagem e depois traduza em língua de sinais para seus colegas Surdos-Mudos, sem soletrar o nome desse elemento, fazendo-os para que ele possa entender o tipo de elemento;

e) Visualizar os elementos da botânica, da ciência, da agronomia, da ecologia, da astronomia, de física, de química, e tudo o que interessa em qualquer disciplina. Visualize cada elementos e processe mentalmente a sua forma, movimento, textura, cores, e todas as características e detalhes que os envolvem e traduza para seus colegas não-surdos-mudos e Surdos-Mudos. 

f) Treine sempre a datilologia, soletrando qualquer palavra ou frase, nas duas mãos. Comece com o lado direito, soletrando em ritmo lento até mais rápido e depois, troque para o lado esquerdo, fazendo com o mesmo ritmo;

g) Observe no espelho, faça a datilologia sem olhar nas mãos, observando sempre com os seus “olhos”. E depois faça com os seus colegas. 

h) Filme e grave você usando os sinais, traduzindo qualquer coisa, e depois faça sua auto-avaliação.


Estas são as técnicas da visualidade e sua perspectiva visual que podem ser apreendidas com o tempo, assim como todas as línguas do mundo.

Treinem bastante e poderão perceber um grande desenvolvimento

Leia na íntegra a tese da Drª Ana Regina



PL 6428/2009


18/04/2012 - Câmara aprova projeto de Eduardo Barbosa que cria o Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais (Libras)

O dia 24 de abril poderá ser instituído como o Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais (Libras). É o que propõe o Projeto de Lei 6428/09, do Deputado Federal Eduardo Barbosa, que foi aprovado nesta terça-feira (17) na Comissão Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara Federal. Como o Projeto tramita em caráter conclusivo, a Proposta agora segue para apreciação no Senado.

A data foi escolhida pelo seu significado para as pessoas surdas, pois foi no dia 24 de abril que foi publicada a Lei 10.436, de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras, regulamentada pelo Decreto n° 5626, de 2005. “Com a aprovação da Lei da Libras, a comunidade surda ganhou força para lutar por seus direitos e, com sua regulamentação em 2005, concretizou seus anseios como cidadãos brasileiros que, no contexto histórico, lutou pelo reconhecimento da língua de sinais por aproximadamente 150 anos”, explicou Eduardo Barbosa.

De acordo com o Deputado, a proposta atende reivindicação da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), instituição dedicada à causa das pessoas com deficiência auditiva, como parte da luta pelo reconhecimento e definitiva implantação da Libras em todo território nacional.

Leia na íntegra o projeto de lei

Comemoração

No próximo dia 24 de abril completará 10 anos da Lei de LIBRAS. É uma grande conquista da comunidade surda, ter a LIBRAS reconhecida como oficial. Parabéns!!!